6A3ED66C-BA65-490E-9CDD-E1D66350B847.jpe

Rebeca K.

Jornalista e amante das letras, acredito que é no encontro com o outro que a gente se redescobre; Entusiasta pelas nuances da vida, é no encontro comigo mesma que me deleito, me surpreendo, recrio e existo.
 

1. Qual a característica que mais marca a tua feminilidade?
Acho que a feminilidade é energia - um estado de ser. Mas pra destacar uma característica desse todo, diria que a minha característica mais marcante é o ato de acolher. 


2. Se esta sessão tivesse banda sonora, que música escolhias?
Ela teve! (Risos). Tocou Caetano Veloso e a música “Beleza Pura” representa bem a sessão.

3. Enquanto estavas a ser fotografada, pensaste em algum momento ou em alguém em especial?
 Pensei na própria vivência que estava a ter. Acho que uma sessão fotográfica pede a presença de estar ali: conectada consigo mesma, com o fotógrafo e com a arte. 


4. Ao olhar para as tuas fotos, o que mais gostas de ver em ti?
Gosto do olhar e da pluralidade que ele carrega. Olhar para uma lente que te observa, é permitir se mostrar e ser vista - e há muita beleza e coragem nisso.

5. Existe uma foto preferida? Se sim, qual?
A bem próxima do rosto com os olhos fechados. Toda foto transmite uma mensagem, e essa transparece calma. 


6. Qual a sensação de ver o resultado final da sessão?
A sensação é de confiança. Confiança no trabalho do Miguel, confiança nos encontros da vida (sejam eles profissionais ou não) e confiança em posar e se ver sob o olhar do outro.

9A12E70D-86B5-4713-883A-DA4386A5C0BE.jpe